Serra Grande FM 88,7 - Ôh Rádio Boa!
Ouvir

Dólar abre em queda, após Biden desistir da candidatura nos EUA e com fiscal no radar

Na sexta-feira, a moeda norte-americana avançou 0,30%, cotada em R$ 5,6039. Já o principal índice de ações da bolsa recuou 0,03%, aos 127.616 pontos. Notas de 1 dólar

Rafael Holanda/g1

O dólar abriu em queda nesta segunda-feira (22), à medida que investidores recalibram posições e adaptam cenários para as novas projeções sobre as eleições norte-americanas.

Na véspera, o presidente Joe Biden desistiu de concorrer à reeleição, abrindo caminho para a vice-presidente, Jamala Harris, liderar a chapa democrata nos EUA.

Além disso, o mercado também aguarda a divulgação do relatório de receitas e despesas do governo federal, em busca de mais clareza sobre as contas públicas do país.

Na semana passada, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, anunciou um bloqueio de R$ 11,2 bilhões no Orçamento de 2024, além de um contingenciamento de R$ 3,8 bilhões. As medidas vieram como uma tentativa do governo de cumprir a regra de gastos prevista no arcabouço fiscal.

As ações de tecnologias ao redor do planeta também ficam no radar, após o apagão cibernético que atingiu diversos lugares do mundo ter baqueado alguns papéis do setor na última sexta-feira.

Veja abaixo o resumo dos mercados.

ENTENDA: A cronologia da disparada do dólar motivada pelos juros nos EUA, o cenário fiscal brasileiro e as declarações de Lula

CONSEQUÊNCIAS: Alta do dólar deve pressionar inflação e impactar consumo das famílias no 2º semestre, dizem especialistas

Dólar

Às 09h01, o dólar operava em queda de 0,29%, cotado em R$ 5,5876. Veja mais cotações.

Na última sexta-feira, o dólar subiu 0,30%, cotado em R$ 5,6039.

Com o resultado, acumulou altas de:

3,18% na semana;

0,28% no mês;

15,48% no ano.

Ibovespa

As negociações no Ibovespa, por sua vez, começam apenas a partir das 10h.

Na véspera, o índice recuou 0,03%, aos 127.616 pontos.

Com o resultado, acumulou:

queda de 0,99% na semana;

ganhos de 2,99% no mês;

perdas de 4,90% no ano.

LEIA TAMBÉM

30 anos do Real: como era a vida antes do plano econômico que deu origem à moeda brasileira

DINHEIRO OU CARTÃO? Qual a melhor forma de levar dólares em viagens?

DÓLAR: Qual o melhor momento para comprar a moeda?

Entenda o que faz o preço do dólar subir ou cair

NOTÍCIAS MAIS LIDAS